terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

[Liga dos Campeões 19/20] Oitavas de final - Lyon x Juventus (ida)

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais




Finalmente chegou o tão esperado confronto que o torcedor do Lyon queria. O time entra em campo pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, jogando em casa, no Groupama Stadium, para enfrentar a toda poderosa Juventus de Cristiano Ronaldo e grande elenco. O OL enxerga nesse jogo a oportunidade de ser franco atirador. Não entra como favorito, definitivamente, mas vai em busca de uma tentativa de buscar alguma coisa não esperada. Nem mesmo o mais esperançoso torcedor acredita em um jogo brilhante e favorável ao OL, mas tudo pode acontecer.

Apesar das prévias apontando o Lyon em uma formação parecida do que foi diante do Metz na última terça-feira, jogando com três zagueiros, Rudi Garcia fez questão de esconder o jogo, por motivos óbvios. Também não se sabe se Bruno Guimarães, que fez uma boa estreia na semana passada pelo clube começará jogando. De certo mesmo somente as ausências que o treinador carrega para este confronto. Não poderá contar com o lateral brasileiro Rafael, machucado. Koné ainda se recupera de uma longa lesão, assim como Reine-Adélaïde e Memphis Depay, que se curam de cirurgias.

Provável Lyon (3-5-2):
​Lopes | Denayer, Marcelo e Marçal | Dubois, Tousart, Aouar, Terrier e Corner | Toko Ekambi e Dembélé

Pelo lado da Juventus, Maurizio Sarri teve boas notícias na prévia do jogo e poderá contar com vários nomes que eram dúvidas. Khedira e Douglas Costa, por exemplo, até ontem, eram consideradas cartas fora do baralho, mas acabaram aparecendo surpreendentemente na lista de relacionados para a viagem. Pjanic, ex-jogador do Lyon, é outro que era tido como dúvida e pode ser que comece até mesmo jogando. O mesmo serve para Higuaín, que também causava dor de cabeça ao treinador e apareceu com passaporte carimbado. Sendo assim, a única ausência será mesmo a do zagueiro Merih Demiral.

Provável Juventus (4-3-3):
​Szczesny | Danilo, De Ligt, Bonucci e Alex Sandro | Bentancur, Matuidi (ou Pjanic) e Ramsey | Cuadrado, Dybala e Cristiano Ronaldo.

Também preparamos um material em áudio, já divulgado aqui no site ontem mesmo. O podcast aborda um pouco mais sobre esse confronto. Estive participando nesta com os amigos Eduardo Madeira e Renato Gomes. CLIQUE AQUI para ouvir!

O confronto entre Lyon e Juventus acontece nesta terça-feira (26/02), às 17h do horário de Brasília. No Brasil, a TNT, o Facebook do Esporte Interativo, e a EI Plus, por sua plataforma de streaming, prometem transmitir a partida ao vivo. Abaixo, confira os relacionados pelos dois times.



LYON:

GOLEIROS: Anthony LOPES, Anthonu RACIOPPI e Ciprian TATARUSANU;
LATERAIS: Fernando MARÇAL, Kenny TETE e Léo DUBOIS;
ZAGUEIROS: MARCELO, Jason DENAYER, Joachim ANDERSEN e Mapou YANGA-MBIWA;
VOLANTES: Lucas TOUSART, Maxence CAQUERET, Thiago MENDES, JEAN LUCAS e BRUNO GUIMARÃES;
MEIAS: Houssem AOUAR;
ATACANTES: Maxwel CORNET, Bertrand TRAORÉ, Martin TERRIER, Moussa DEMBÉLÉ, Amine GOUIRI, Rayan CHERKI e Karl TOKO EKAMBI;
TÉCNICO: Rudi GARCIA;
DESFALQUESRAFAEL, Youssouf KONÉ, Jeff REINE-ADÉLAÏDE e Memphis DEPAY




JUVENTUS:

GOLEIROS: Wojciech SZCZESNY, Carlo PINSOGLIO e Gianluigi BUFFON;
LATERAIS: Mattia DE SCIGLIO, DANILO e ALEX SANDRO;
ZAGUEIROS: Giorgio CHIELLINI, Matthijs DE LIGT, Daniele RUGANI e Leonardo BONUCCI;
VOLANTES: Sami KHEDIRA, Blaise MATUIDI, Rodrigo BENTANCUR e Adrien RABIOT;
MEIAS: Miralem PJANIĆ, Aaron RAMSEY, DOUGLAS COSTA, Juan CUADRADO e Federico BERNARDESCHI;
ATACANTES: CRISTIANO RONALDO, Paulo DYBALA e Gonzalo HIGUAÍN;
TÉCNICO: Maurizio SARRI;
DESFALQUESMerih DEMIRAL


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Le Podcast du Foot #118 - Prévia de Lyon x Juventus

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi/Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


A Champions está de volta. E já tem jogão logo de cara (Arte: terradezizou.com.br)

O Olympique Lyonnais pôde reclamar da sorte depois que as desejadas bolinhas do sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões foram abertas. Pelo caminho, o time francês terá a Juventus, de Cristiano Ronaldo. Uma missão e tanto que começará a ser enfrentada a partir da próxima quarta-feira (26), às 17h. O Estádio Groupama será o palco do duelo de ida entre OL e Velha Senhora.

A prévia do confronto foi pauta da edição #118 de Le Podcast du Foot. Eduardo Madeira, Filipe Papini e Renato Gomes batem um papo sobre a partida e projetam as possibilidades da Lyon diante do poderoso time italiano. Mairon Rodrigues, do Footure, colaborou com o podcast e trouxe uma breve projeção da Juve também.


OUÇA O MATERIAL NO DISPLAY ABAIXO:

Ouça a TODAS AS OUTRAS EDIÇÕES do podcast.

Agora, o material também pode ser assinado via ITUNESSPOTIFY e no GOOGLE PODCASTS!!!

Comente também no site do Eduardo Madeira e na minha coluna do Globoesporte.com! Ahh... passe lá na fan page da Ligue 1 Brasil no Facebook também!

Passe aqui depois e me diga o que achou. Deixe seu pitaco, sua dica, sua reclamação e também a sua pergunta. Você pode ter seu nome lido no programa. Seja corneteiro. Faça parte do podcast!


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

sábado, 22 de fevereiro de 2020

Bruno Guimarães estreia e Lyon vence o Metz por 2 a 0

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Volante brasileiro jogou a partida inteira e, embora não tenha participado de nenhum dos dois gols, teve uma atuação destacada



TEXTO ADAPTADO DE: Terra/LanceNet
O Lyon foi até o nordeste da França para enfrentar o Metz e se deu bem. Na estreia de Bruno Guimarães, os Gones venceram a equipe grená por 2 a 0, pela 26ª rodada do Campeonato Francês. Dembélé e Aouar marcaram os gols no Estádio Saint-Symphorien.

NOS ACRÉSCIMOS: PARTE UM
Apesar de mandar no primeiro tempo todo, o Lyon encontrava dificuldades para vencer o goleiro Oukidja, do Metz. Nos descontos da primeira etapa, Terrier bateu escanteio e a bola bateu na mão de Udol, lateral do clube mandante. O artilheiro Dembélé foi para a cobrança e bateu no meio do gol para abrir o placar.




NOS ACRÉSCIMOS: PARTE DOIS
Assim como no primeiro tempo, os visitantes marcaram mais uma vez nos acréscimos. Desesperados pelo empate, o Metz se lançou ao ataque. Aos 48 do segundo tempo, o goleiro Oukidja foi para a área numa cobrança de escanteio. A zaga do Lyon tirou e Aouar partiu sozinho para fazer o gol com a meta aberta.

BRUNO GUIMARÃES TITULAR
O volante brasileiro fez sua estreia pelo clube francês nesta sexta-feira. O camisa 39 atuou durante os 90 minutos e teve boa participação. Entre passes longos e curtos, o jogador teve certo destaque. Na parte defensiva, também foi bem. Bruno terminou o jogo com cinco desarmes, um corte e uma interceptação.




SEQUÊNCIA
O Lyon agora enfrenta a Juventus, pela jogo de ida da Liga dos Campeões. A partida acontece na próxima quarta-feira, às 17h (de Brasília), na França. Pelo Francês, o clube encara o Saint-Étienne, no clássico da região, no domingo, às 17h (de Brasília), em casa. O Metz enfrenta o Amiens, no sábado, às 16h (de Brasília), fora de casa.

SITUAÇÃO
Com a vitória, o Lyon chegou aos 37 pontos e agora está em sexto. Com o decorrer da rodada, porém, o clube pode perder a posição. O Metz está 15º, com 28 pontos, e continua brigando contra o rebaixamento.



TEXTO ADAPTADO DE: Terra/LanceNet
FOTOS: ol.fr


Lyon (3-4-3):  Lopes | Marcelo, Denayer e Marçal | Dubois, Tousart, Bruno Guimarães e Cornet | Toko Ekambi (Aouar, 86'), Terrier e Dembélé (Gouiri, 90')

Metz (4-3-3): Oukidja | Centonze, Bronn, Boye e Udol | N'Doram, Fofana e Angban (Gakpa, 79') | Nguette (Yade, 88'), Niane (Ambrose, 79') e Diallo

Gols: Dembélé (45') e Aouar (90')

Cartão Vermelho: Diallo (82')


MELHORES MOMENTOS:
(se o vídeo acima não rodar CLIQUE AQUI) 

Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

[Ligue 1 | 19/20] 26ª rodada - Metz x Lyon

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais




A inconstância é a grande tônica do Lyon nesta temporada. O time não consegue emplacar bons resultados, principalmente se tratando de Ligue 1. A vitória diante do Marseille pela Copa da França e a consequente classificação para a semifinal da competição poderia ser o grande estalo para a retomada da confiança do elenco para o decorrer dos jogos seguintes, mas não foi isso que aconteceu. Logo no jogo seguinte, na rodada 25 do Campeonato Francês, mais um tropeço. Agora, em casa, diante do Strasbourg. Seria o momento de redenção, mas não aconteceu. Uma nova chance pula na frente do OL. O 15º colocado na tabela se projeta uma semana antes da grande partida das oitavas de final da Liga dos Campões. Será que agora vai?

O Metz está a apenas dois pontos da zona maldita e, por isso, precisa vencer a qualquer custo. Além das dificuldades técnicas que naturalmente o time tem, o técnico Vincnet Hognon está com sérios desfalques no seu elenco. Cabit, Adama Traoré, o jovem Lacroix e Lahssaini estão com problemas relacionados a lesões e não jogam. Além do mais, ele não terá outros três jogadores com problemas de suspensão: Boulaya, Maïga e Pajot. De toda forma, ao menos o treinador conta com seus três principais nomes ofensivos: Cohade, Nguette e Diallo.

O Lyon também segue com problemas de desfalques. Koné, Reine-Adélaïde e Memphis Depay estão sem previsão de retorno há bastante tempo por lesões mais sérias. Rafael, esta semana, se junta a eles e nem viajou com o elenco. No entanto, a boa notícia fica por conta do retorno de Léo Dubois, o jogador com recentes convocações para a Seleção Francesa finalmente retornou depois de quatro meses e pode ganhar uma chance, apesar de provavelmente começar o jogo no banco. Rayan Cherki, a jovem promessa de 16 anos que vem sendo utilizado com frequência, desta vez, fará parte do grupo sub-19 que disputará um jogo importante pela Copa Gambardella (equivalente a Copa SP. de Jrs da França). Por fim, Bruno Guimarães finalmente poderá estrear.

O confronto entre Metz e Lyon acontece nesta sexta (21/02), às 16h45 do horário de Brasília. No Brasil, nenhuma emissora deve transmitir a partida. Abaixo, confira os relacionados pelos dois times.



LYON:

GOLEIROS: Anthony LOPES e Ciprian TATARUSANU;
LATERAIS: Kenny TETE, Fernando MARÇAL e Léo DUBOIS;
ZAGUEIROS: MARCELO, Jason DENAYER e Joachim ANDERSEN;
VOLANTES: Lucas TOUSART, Maxence CAQUERET, BRUNO GUIMARÃES e Thiago MENDES;
MEIAS: Houssem AOUAR;
ATACANTES: Moussa DEMBÉLÉ, Bertrand TRAORÉ, Karl TOKO EKAMBI, Martin TERRIER, Maxwel CORNET e Amine GOUIRI;
TÉCNICO: Rudi GARCIA;
DESFALQUES:, Youssouf KONÉ, RAFAEL, Jeff REINE-ADÉLAÏDE e MEMPHIS Depay



METZ:

GOLEIROS: Alexandre OUKIDJA e Paul DELECROIX;
LATERAIS: Matthieu UDOL, Thomas DELAINE e Fabien CENTONZE;
ZAGUEIROS: Dylan BRONN, John BOYE e Mamadou FOFANA;
VOLANTES: Kévin N'DORAM, Victorien ANGBAN e Marvin GAKPA;
MEIAS: Boubacar TRAORÉ, Papa Ndiaga YADE e Ranaud COHADE;
ATACANTES: Opa NGUETTE, Ibrahima NIANE, Habib DIALLO e Thierry AMBROSE;
TÉCNICO: Vincent HOGNON;
DESFALQUESManuel CABIT, Lenny LACROIX, Habib MAÏGA, Sami LAHSSAINI, Adama TRAORÉ e Farid BOULAYA


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Le Podcast du Foot #117 - Prévia de Dortmund x PSG

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi/Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


A Champions está de volta. E já tem jogão logo de cara (Arte: terradezizou.com.br)

Deu de espera! Chegou a hora da verdade para o Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões. Após quase dois meses de muita ansiedade, os comandados de Thomas Tuchel estão nos preparativos finais para o jogo de ida das oitavas de final. A partida inicial contra o Borussia Dortmund será disputada na terça (18), às 17h, no Signal Iduna Park, na Alemanha.

Dando o pontapé inicial na ampla cobertura do Terra de Zizou para a participação dos franceses nas oitavas de final da Liga dos Campeões, Le Podcast du Foot chega a edição #117 para projetar a partida de ida entre franceses e alemães. Eduardo Madeira, Renato Gomes e Vinícius Ramos analisam tudo o que pode acontecer no jogo, contando ainda com a valiosa contribuição do Walter Paneque, do Muralha Amarela, que trouxe o cenário atual do BvB.


OUÇA O MATERIAL NO DISPLAY ABAIXO:
Ouça a TODAS AS OUTRAS EDIÇÕES do podcast.

Agora, o material também pode ser assinado via ITUNESSPOTIFY e no GOOGLE PODCASTS!!!

Comente também no site do Eduardo Madeira e na minha coluna do Globoesporte.com! Ahh... passe lá na fan page da Ligue 1 Brasil no Facebook também!

Passe aqui depois e me diga o que achou. Deixe seu pitaco, sua dica, sua reclamação e também a sua pergunta. Você pode ter seu nome lido no programa. Seja corneteiro. Faça parte do podcast!


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

domingo, 16 de fevereiro de 2020

Lyon decepciona mais uma vez na Ligue 1 e não consegue vencer o Strasbourg em casa

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


Pouca criatividade de lado a lado acabou sendo a tônica para um empate de 1 a 1. Bruno Guimarães foi apenas banco e não entrou em campo




O Lyon vive um momento de muita inconstância. Não só em 2020 como também durante toda a temporada. Após viver um mês de janeiro quase 100% glorioso, fevereiro chega com tropeços. Inclusive contra times menores. A derrota para o PSG no último domingo seria a gota d’água para a confiança da equipe voltar a minar, mas tudo melhorou depois que, no meio da semana, o OL eliminou os rivais do Olympique de Marseille pelas quartas de final da Copa da França. Bater os vice-líderes da Ligue 1 em uma competição de mata-mata seria fundamental para retomar a confiança. Mas seria mesmo?

Em campo, Rudi Garcia promoveu mudanças. No setor defensivo, nenhum mistério. Marçal, inclusive, voltava a posição que na quarta foi ocupada por Cornet. No meio de campo, Thiago Mendes e Caqueret pegaram a vaga, com o possível estreante Bruno Guimarães no banco. Mais a frente, a dupla Traoré e Cornet foi escolhida para jogar nas pontas, servindo a Toko Ekambi. Cherki, Dembélé e Terrier eram banco. Koné, Reine-Adélaïde e Memphis Depay seguem machucados. Veja a escalação:




Para tentar bater o Lyon e permanecer na parte de cima da tabela, o Strasbourg era um visitante perigoso, principalmente na parte ofensiva, que hoje era formada por Zohi, Thomasson, Majeed Waris, fechando o quarteto com o centroavante Ajorque. Para este jogo, o técnico Thierry Laurey não tinha a sua disposição seis jogadores. Três por suspensões: Ndour, Carole e Sissoko. E outros três por lesões: Caci, Corgnet e Botella. Ainda assim, o clube alsaciano levava a campo uma equipe extremamente competitiva. Na imagem abaixo, é possível ver os 11 iniciais:




Com os primeiros minutos de bola rolando, percebia-se que o OL entrou de certa forma desconcentrado. Nos primeiros quatro minutos de jogo, Marçal quase repete o feito desastroso contra o PSG e, por muito pouco, não faz um gol contra terrível. Lopes precisou quase se machucar em contato com a trave para evitar um lance bizarro. Por sorte do Lyon, do próprio Marçal e dá torcida presente, o lance não se concluiu.

A zica parecia estar a solta. Dois minutos depois, ainda aos seis, o OL perdeu Rafael por lesão. O brasileiro saiu bravo e reclamando – não se sabe se foi com Rudi Garcia ou com ele mesmo. Mas o certo é que Kenny Tete entrava em campo muito cedo e o Lyon já queimava sua primeira alteração. Uma sequência muito grande de jogos a cada três dias acaba tendo essas situações como consequência.

Contudo, aos 21’ de bola rolando, o Lyon conseguiu a façanha de abrir o placar. Não havia criado nenhuma oportunidade antes disso e logo na primeira, obteve êxito. A jogada começou do lado esquerdo. Finalmente, Cornet olhou para a área e fez um lindo cruzamento. A bola cruzada passou por toda a zaga até chegar ao centro da área, onde Traoré se antecipou ao zagueiro e apareceu como um legítimo centroavante para concluir de cabeça: 1 a 0!

Defensivamente, o Lyon fazia uma partida praticamente impecável no primeiro tempo. Com exceção do quase gol contra no comecinho do jogo, o OL praticamente não passou sufoco. O caminho das pedras foi muito bem interpretado na leitura do jogo. Com Thomasson – a cabeça criativa do Strasbourg – bem marcado e cercado pela marcação, poucas oportunidades seriam criadas pelo time adversário. E assim acontecia.

A vantagem construída com o gol de Traoré dava uma confiança a mais para o Lyon fazer seu jogo. A postura era ofensiva, mas não agressiva. Arrematava pouco e criava também com pouca frequência. Parecia querer, de maneira muito cedo, segurar o placar. Essa era uma escolha que poderia ser perigosa. Por sorte, o Strasbourg estava travado e não conseguia passar do meio de campo. Mas precisavam de uma bola para mudar o jogo se o OL seguisse nessa postura.

E isso, claro, aconteceu. E foi logo no finalzinho do primeiro tempo. Majeed Waris apareceu centralizado no meio de campo e conseguiu um passe que cortou toda a defesa do Lyon. Zohi apareceu entre os defensores e saiu frente a frente com Lopes. Ele não teve muito trabalho de colocar no cantinho e empatar. O árbitro chegou a anular o gol, mas o VAR, de maneira correta, acabou validando o 1 a 1!

No retorno para a segunda etapa, esperava-se um Lyon mais agressivo, ofensivo e participativo no jogo. Não foi assim que aconteceu. O time voltou com as mesmas deficiências de antes. Propunha o jogo, mas tinha enormes dificuldades para concluir isso em algum lance de perigo. Aos 15’ do segundo tempo, Rudi Garcia se viu forçado a fazer sua segunda mexida, colocando Dembélé no lugar de Traoré. Toko Ekambi, então, faria a beirada do campo a partir dali.

Após o gol e uma outra chance perdida por Traoré ainda no primeiro tempo, a terceira oportunidade de perigo que o Lyon criou foi apenas aos 22’ do segundo tempo. Caqueret, quase como um armador, achou Toko Ekambi se deslocando pela direita. O camaronês recebeu e rapidamente fez um belo cruzamento para a área. Cornet apareceu no segundo pau para concluir, mas finalizou mal. Estava sozinho.

Aos 27’ da etapa final, o Lyon criou mais uma oportunidade gol. Novamente saindo dos pés de Caqueret. O jovem volante achou o lateral Kenny Tete aparecendo com velocidade pela direita. O holandês recebeu a bola e arrematou com força no cantinho. O goleiro Sels fez boa defesa. Logo em seguida, duas mexidas no jogo. O Lyon queimava sua última com Terrier no lugar de Cornet, enquanto Laurey mexia pela primeira vez, colocando no seu time Djiku para a saída de Zohi.

Enquanto o Lyon, da sua maneira, tentava impor uma pressão sem levar perigo. O Strasbourg estava atento as poucas oportunidades que, eventualmente, poderiam aparecer. E quase viram o jogo aproveitando chances assim. Simakan fez boa jogada, aos 34’ do segundo tempo. Marçal tentou fazer o corte e acabou entregando nos pés de Liénard. O volante arriscou dali mesmo e por muito pouco não surpreendeu o goleiro Lopes em um gol encobrindo-o.

Após o perigo criado, Thierry Laurey mexeria no seu time pela segunda vez, colocando o sul-africano Lebo Mothiba no lugar de Majeed Waris. E o time visitante parecia gostar mais do jogo do que o próprio OL. Aos 41’ da etapa final, Kenny Lala pegou a bola na esquerda e saiu em velocidade entrando pelo meio. Passou por um defensor e mandou um chute venenoso de fora da área que surpreendeu Lopes. O goleiro não chegou nela e a bola bateu na trave.

No finalzinho do jogo, o Lyon parecia já ter aberto mão da busca pela vitória. Sofria muito mais defensivamente, inclusive. O Strasbourg parecia confortável em seu jogo. O empate era um bom placar para eles, mas pareciam ter muito mais fôlego nos últimos minutos, minando qualquer chance do OL ficar na frente do marcador novamente. E assim controlou o jogo até o apito final, em mais uma decepcionante atuação do Lyon em casa pela Ligue 1

O próximo embate do Lyon já é na próxima sexta-feira (21), em jogo válido novamente pelo Campeonato Francês. O adversário será o Metz, atual campeão da Ligue 2 e que atualmente faz uma campanha de permanência na competição, mas por enquanto sem flertar com o rebaixamento. O jogo será às 16h45 do horário de Brasília. Até lá!

FOTOS:  ol.fr
CAMPINHOS: L'Equipe


MELHORES MOMENTOS:
(se o vídeo acima não rodar. CLIQUE AQUI)

Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

sábado, 15 de fevereiro de 2020

[Ligue 1 | 19/20] 25ª rodada - Lyon x Strasbourg

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais




O Lyon acaba de eliminar o Marseille no meio de semana, em clássico, jogo valendo vaga na semifinal da Copa da França. Será que isso faz com que a confiança do time retorne? Será que é o momento de aplicar uma reviravolta na Ligue 1 e começar a vencer? Na rodada anterior, a derrota, embora esperada contra o PSG, mostrou que o time é capaz de enfiar dois gols no "todo poderoso". É atrás dessas respostas que o OL volta aos gramados do Campeonato Francês para enfrentar um adversário direto na tabela: o Strasbourg, que entra em campo em 7º lugar, quatro posições a frente do Lyon, mas apenas três pontos de distância.

E o Rudi Garcia preparou uma novidade. A joia vinda do mercado de verão finalmente está pronta para estrear. Bruno Guimarães está relacionado para o jogo e ainda não se sabe se entrará como titular ou se ficar a disposição no banco de reservas. De toda forma, o time também ganha o reforço de Maxwel Cornet, que apesar de ter jogado contra o Marseille no meio de semana, não havia enfrentado o PSG no domingo passado por conta de uma gripe. O OL ainda segue sem Koné, Reine-Adélaïde e Memphis Depay. Léo Dubois, já em reta final de recuperação, ainda não está disponível no time principal, mas foi relacionado para o time B.

O Strasbourg também tem problemas com jogadores desfalcados. Não terá, por exemplo, três jogadores devido a suspensões. Abdallah Ndour, Lionel Carone e Ibrahima Sissoko sequer viajaram. Outros três ausentes, estes por lesões, também não integram o grupo. São eles: Anthony Caci, Benjamin Corgnet e Ivann Botella. Dentre os pontos fortes do Strasbourg, destaca-se o lateral direito Kenny Lala, eleito um dos melhores jogadores da Ligue 1 na temporada anterior, além do trio ofensivo formado por Thomasson, Mothiba e o grandalhão Ajorque.

O confronto entre Lyon e Strasbourg acontece neste domingo (16/02), às 11h do horário de Brasília. No Brasil, nenhuma emissora deve transmitir a partida. Abaixo, confira os relacionados pelos dois times.



LYON:

GOLEIROS: Anthony LOPES e Ciprian TATARUSANU;
LATERAIS: Kenny TETE, Fernando MARÇAL e RAFAEL;
ZAGUEIROS: MARCELO, Jason DENAYER e Joachim ANDERSEN;
VOLANTES: Lucas TOUSART, Maxence CAQUERET, BRUNO GUIMARÃES e Thiago MENDES;
MEIAS: Houssem AOUAR;
ATACANTES: Moussa DEMBÉLÉ, Rayan CHERKI, Bertrand TRAORÉ, Karl TOKO EKAMBI, Martin TERRIER e Maxwel CORNET;
TÉCNICO: Rudi GARCIA;
DESFALQUES:, Youssouf KONÉ, Léo DUBOIS, Jeff REINE-ADÉLAÏDE e MEMPHIS Depay



STRASBOURG:

GOLEIROS: Matz SELS e Bingourou KAMARA;
LATERAIS: Kenny LALA, Adrien LEBEAU e Ismaël AANEBA;
ZAGUEIROS: Mohamed SIMAKAN, Lamine KONÉ, Stefan MITROVIĆ e Alexander DJIKU;
VOLANTES: Jérémy GRIMM, Dimiti LIÉNARD, Azzedine OUNAHI e Jean-Ricner BELLEGARDE;
MEIAS: Adrien THOMASSON;
ATACANTES: Majeed WARIS, Ludovic AJORQUE, Lebo MOTHIBA e Kévin ZOHI;
TÉCNICO: Thierry LAUREY;
DESFALQUESAbdallah NDOUR, Lionel CAROLE, Anthony CACI, Ibrahima SISSOKO, Benjamin CORGNET e Ivann BOTELLA


Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

No clássico entre os Olympiques, Lyon perde pênalti, mas se classifica na Copa da França com gol de Aouar

Filipe Frossard Papini
Twitter: @FilipeDidi / Twitter: @BrasiLyonnais
Facebook: /BrasiLyonnais / Medium: @BrasiLyonnais


O derby foi marcado por dois times bem desfalcados e, no fim, deu OL, que agora avança para a semifinal do torneio considerado o mais popular do planeta



TEXTO ADAPTADO DE: Terra/LanceNet
Em jogo entediante, o Lyon venceu o Olympique de Marseille, em partida válida pelas quartas de final da Copa da França. O gol saiu apenas aos 36 minutos do 2º tempo, com Aouar. PSG e Rennes já estão confirmados nas semis, falta apenas St. Etienne e Epinal, que decidem a vaga nesta quinta-feira (13).

VAR e pênalti
O juiz, de primeira, não deu o toque de mão de Hiroki Sakai dentro da área. O jogo seguiu e pouco tempo depois, o VAR chamou o árbitro Benoît Millot para rever o lance. O pênalti foi marcado, mas Dembélé cobrou muito mal e perdeu a chance de abrir o placar em momento de protagonismo do goleiro Pelé.




Golaço
Aouar concluiu uma bela jogada, também com uma bonita finalização. Traoré colocou o francês em ótima posição, e este mostrou frieza e qualidade para colocar a bola no fundo da rede.

Jogo parado, mas equilibrado
No geral, o jogo foi bastante parado. Nenhum time dominou a partida ou teve grandes chances. Na posse de bola, 52% para o time da casa, contra 48% dos visitantes. Ambos tiveram apenas duas finalizações certas no gol.




Saudades de Depay
O time do Lyon parece sentir muito a falta de Memphis Depay, que era o destaque do time. O holandês está fora do restante da temporada. Ele participou de 13 jogos do Campeonato Francês, foi autor de nove gols e responsável por dar duas assistências.

TEXTO ADAPTADO DE: Terra/LanceNet
FOTOS: ol.fr


Lyon (4-3-3):  Lopes | Tete, Andersen, Denayer e Cornet | Tousart (Thiago Mendes, 51'), Caqueret e Aouar | Toko Ekambi, Terrier (Traoré, 77') e Dembélé (Marçal, 85')

Marseille (4-3-3): Pelé | Sarr, Álvaro González, Kamara e Sakai | Strootman (Khaoui, 85'), Rongier e Sanson | López (Chabrolle, 87), Payet (Aké, 73') e Germain

Gols: Aouar (81')


MELHORES MOMENTOS:
(se o vídeo acima não rodar CLIQUE AQUI) 

Quer mais informações sobre o Lyon via BrasiLyonnais? Clique nos botões abaixo e siga-nos!